quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

A Casa das sete fofuras ♡

Missão mais que possível!


Olá Pessoal!
No post anterior havia deixado um recado que estava passando por uma experiência diferente em minha vida e que compartilharia com vocês. Pois é! Pode até parecer um acontecimento nada de surpreendente, entretanto, como gosto de compartilhar minhas aventuras, trouxe este post como uma forma de descontração.
Já aviso, de antemão, de quem não gosta de post grande e de animais, este com certeza não é para você!!!!
Enfim, a pedido de uma amiga, aliás, ela já passou por aqui em alguns momentos, produziu até um vídeo ensinando a fazer porta copos de origami em tecido. Quem ainda não conferiu, vou deixar o link aqui.
Retornando ao assunto, ela e esposo foram viajar e pediram para eu cuidar dos seus filhos peludos. Claro que aceitei, amigo é para essas coisas e estar com estas ferinhas, que de bravas não tem nada, foi gratificante.
E como estava mandando mensagens diárias para eles pelo Watsapp com fotos e vídeos, pensei: "Porque não compartilhar com os amigos do blog? Simbora então!!!!
Começo apresentando essa galerinha:

Princesa: A Espoleta, pular é com ela mesmo




Frida: Serena como a brisa do mar


Cookie: A Dengosa e amorosa


Niki (Nicolas): O Bravinho e espivitado


Cake: O Dengoso e elegante da turma


Menina: O nome já diz tudo


Cat (Catarina): A maluquinha, pensa que é gente


Turminha apresentada, vou fazer um resumão do que foram estes cinco dias ao lado deles. Para começar levei meu filho ( Dudu) daqui de casa para ajudar, até mesmo porque eles o ama de ❤ e não podia deixá-lo de fora desta aventura.
Íamos duas vezes por dia cuidar deles e observem a organização que tivemos, com as vasilhas marcadas para não nos perdermos na hora da alimentação:


O que mais marcou foi a disciplina que tem, são extremamente organizados na hora de comer, sabem qual vai primeiro e último. Comeram direitinho, este aspecto me deixou tranquilizada, já que tive medo deles não se alimentarem com saudade de seus pais.
O mais difícil era a hora de ir embora, pensa, sete cachorros uivando pedindo para você voltar. Assim foram os cinco dias.
Nessa aventura, marido entrou na dança e o filho mais velho também. Ajudaram muito 。◕‿◕。
Esposo é cismado com bicho, mas brincou e se adaptou muito bem com eles.
Na hora de lavar a garagem a turma entrava na casinha, coisa de cachorro. Aqui em casa, as minhas duas princesas também somem rsrs


Espia o Cake chateado

Retornando no cuidar da tropa, foram dias agradáveis, saímos da rotina e nos divertimos muito (eu,filho e a tropa). Tomamos café da manhã todos esses dias com eles. Dudu (meu filho mais novo) e eu aprendemos que suco de fruta sem açúcar também é bom, já que Laylla é vegana e deixou um monte de fruta para nós e fizemos como ela, (tudo ao natural). Ela também comprou comidinhas que o Dudu gosta, claro que aproveitei ;)
Obrigada amiga!




Mais um pouco de fotos com estas lindezas 


 
Cat e Menina ficavam a espreita quando estava no fundo cuidando de Princesa, Frida e Niki. Aliás, olha só esta pecinha rara na foto ao lado


 
 Cake, todo charmoso esperando seu carinho do dia. Menina e Cat brincaram o tempo todo com a bolinha delas mais o Dudu. Cat fez aquela posição estranha Laylla, mas como a Menina não liga, deixei e logo ela saiu



 
Cake e Cat, recebendo o primeiro carinho do dia. Niki e Frida (que não gosta de tirar fotos), tentei respeitar seu espaço, na hora do café da manhã.


 


Frida só come na casinha ❥ Princesa tomando aquela água esperta, já que estes dias foram extremamente quentes




 
 Mais de Frida, Princesa e Niki na cozinha


 
 Frida de olho no Dudu e ele ao lado com parte da turma da frente



 
A turma de trás de olho quando íamos embora


 
 Frida e Menina 


 
Cookie e Menina brincando


 
 No último dia, parece que estavam adivinhando. Que estávamos indo e seus pais chegando


Bye bye 


Com esta experiência aprendi que cuidar de sete cachorros não é uma tarefa fácil, principalmente como a Laylla e seu esposo Guilherme os tratam. Tirando o Niki, estes animais foram resgatados, como tantos outros, que foram adotados. Sim, essa dupla ajuda, faz o possível e impossível para o bem dos nossos amigos peludos.
Amigos do blog, o  post de hoje teve a intenção de trazer uma reflexão do amor que recebemos de bichinhos que não nos pedem nada de valioso em troca, a não ser o nosso amor e carinho. Agradeço a Laylla e Guilherme, pela confiança e carinho de sempre. Deixo meu beijo de gratidão a você que me acompanhou neste post longo e despeço-me deixando uma montagem que fiz com as selfies de cada um. Ah! Com a Frida tive que chegando de mansinho, já que é tímida e não gosta de fotos (lindaaaaaaaa).
Foi complicado, pois não param quietos na hora da foto, mas consegui.
Até a próxima!!!!!!

13 comentários:

  1. Que maravilha Jana!!! Fiquei emocionada <3

    Agradeço de coração por você ter cuidado dos meus amores...eu não confiaria essa tarefa a mais ninguém. Sei que tudo o que você faz é sem esperar nada em troca, mas desejo que a vida lhe retribua de forma generosa! A sua amizade foi um presente valioso e eu quero sempre ter você por perto. Como é gostoso saber que essa experiência foi agradável...você não faz ideia do quanto isso me deixa feliz! Meus filhos ficaram lindos nas fotos...essa turminha vai sempre te amar! Adorei a forma como você descreveu cada um deles. Fala sério...nem o Wilson e o Eric ficaram de fora kkkkk. E o Dudu? O que dizer dessa criança abençoada que vai crescer sabendo amar e respeitar os animais? Eu sou fã desse menino <3

    Amor e gratidão é o que eu sinto neste momento...obrigada por tudo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor e gratidão é o que sinto todos os momentos diante da nossa amizade.
      Que Deus nos abençoe e que permaneçamos fortes nesta amizade que construímos ao longo deste tempo.
      A vida tinha de fazer nos encontrar, pessoas tão diferentes em tantos aspectos, mas que um tão forte nos fez ser amigas.
      Foi difícil escrever este post, sem sentir alegria e emoção ao mesmo tempo. Vocês são minha segunda família e a partir de hoje pode viajar sempre, aqui está uma pessoa que vai cuidar deles com todo ♡
      Ah! O Dudu também te ama
      Beijooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooos
      ♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

      Excluir
  2. Que lindo post e adorei ver as fofuras tão bem cuidadas e acarinhadas! Valeu muito isso! Tua amigapode estar tranquila!

    beijospraianos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica,
      agradeço o carinho e valeu mesmo. Receber o amor destas criaturinhas não tem preço.
      Beijocas praianas =)

      Excluir
  3. Que legal Jana, sempre que meus sogros viajam eu cuido dos deles, eles tem 8 cachorros e sempre levo a Judith (minha cachorrinha) junto e ela adora os "tios" dela. Só quem tem cachorro sabe a mão que você está dando pois é bem complicado de fazer um passeio mais longo quando temos um peludinho.

    Bom final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau Tássia,
      que loucura menina, mas vale muito a pena tê-los ao nosso lado.
      Verdade, quem tem bichinhos precisa de alguém para cuidar deles quando se ausenta.
      Beijão =)

      Excluir
  4. Com tanto bichinho para cuidar, a sua semana foi bem ocupada!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como foi Nina,
      mas valeu o trabalho, que nem foi tanto assim ;)
      Beijos =)

      Excluir
  5. Como não amar esses bichinho de amor mais puro do mundo?!
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem mesmo Ingrid,
      são as fofuras mais fofas do mundo ♡
      Beijoooos =)

      Excluir
  6. Parabéns, amei, afinal eu amo esse bichinhos vou voltar sempre aqui você ganhou uma fã!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Raquel
      como não amar essas lindezas e volte sempre, será um prazer =)
      Beijos ;)

      Excluir

Agradeço sua visita e ficarei muito feliz se comentar!
Todos os comentários recebidos, aqui serão respondidos. Caso queira que eu deixe a resposta em seu espaço, deixe o pedido e seu endereço.
O importante é interagirmos.
Críticas são bem vindas, desde que sejam feitas de forma educada e coerente.
Lembre-se: Gentileza gera Gentileza!
Beijos,
Jana =)